quarta-feira, Agosto 26

2009

2009 está ser o ano de emancipação, a todos os níveis.

Quando iniciei o ano pensei que o maior evento do ano seriam as legislativas, longe de imaginar que a minha vida mudaria tanto em tantos aspectos.

Mudar/evoluir cansa, assusta e pode até ser doloroso, mas estou confiante que para lá da mudança nos espera muita felicidade.

Nada disto seria possível sem ti. Obrigada por quereres abraçar este projecto comigo :)

quinta-feira, Julho 2

À porta de casa

Hoje saí de casa para fazer a cópia de uma chave (já conto essa história) e dei de caras com o meu vizinho. Ficámos na conversa quase durante uma hora. Tem graça, desde miúda que o vejo e troquei mais palavras com ele hoje do que em toda a minha vida! Nunca imaginei que pudessemos ter certas coisas em comum, até porque sempre pensei que este prédio estava cheio de pessoas feias, porcas e más. E velhas. Afinal até tem gente porreira e vou sentir falta de algumas um dia que saia de cá...

História da chave:
O amor da minha vida (AMDV) está na rua, sem chaves, e pede-me para as atirar da janela. Tenta posicionar-se mesmo por baixo da janelas para as conseguir apanhar sem que caiam no chão.

Eu: Chega-te para trás senão vais aleijar-te! Deixa-as cair no chão!
AMDV: Não, que elas partem-se!
Eu: Partem-se lá agora, isto é metal. Aguenta bem uma queda.
AMDV: Vão partir-se...
Eu: Não vão nada, afasta-te.
(estamos um bocadinho nisto do parte/não parte. atiro as chaves)
ADMV: olha, tinhas razão. Afinal não não se partiram.

ADMV sobe e mete a chave à porta. Não consegue abrir a porta. No dia seguinte, eu também não consigo abrir a porta e começo a olhar para a chave com mais atenção. Está partida, e mais uma vez, eu não tinha razão...!

terça-feira, Junho 2

A encartada

Pois é, ainda não acredito que consegui tirar a carta de condução! Era uma daquelas coisas que andava para fazer há mais ou menos uma DÉCADA...! Acho que subconscientemente já me tinha habituado à ideia que a teria um dia, no futuro, a seu tempo...

Para além disso, sou administradora de condomínio. Quero sair deste tormento o quanto antes!!! Tenho muito para aprender, aturar e fazer. É um misto de desentendimentos, burocracias, discussões, telefonemas, deslocações, etc.. Enfim, é um novelo e novela ao mesmo tempo.

PS - não me tem apetecido escrever e não sei quando voltará a apetecer.

quinta-feira, Fevereiro 19

Amor de mãe

A minha querida mãe estreou-se nas lides da internet, sob próxima supervisão da minha irmã. Ontem tentei ajudá-la a entrar no msn uma vez que a minha irmã não estava com ela. Passados 20m, e depois da minha mãe ter desligado o pc ("Filha, está tudo preto!), de me ler todos os itens do menu iniciar + ambiente de trabalho, de eu insistir com ela que não adianta escrever Xana no google para falar comigo, lá conseguimos encontrar o msn. Chegadas lá, tentei fazer uma chamada por ali mas não a conseguia ouvir e ela já estava tão massacrada que lhe contei o meu dia + da cara-metade + Mia + Yuna e desligámos.

Maman, és a coisinha mais linda do mundo! Amo-te!

quarta-feira, Fevereiro 11

Condução

Hoje retomei as aulas de condução. Estava tão nervosa/desorientada que quando o instrutor me pediu para por o carro em ponto morto puxei o travão de mão. Tem tudo a ver, não é? Ele olhou para mim, sorriu e abanou a cabeça. Não se estava com pena de mim ou dele!....

segunda-feira, Janeiro 19

Estudando para o exame de código

A licença de condução da mota já cá canta, agora só me falta mesmo a carta.... Se correr como este teste, estou safa :P

domingo, Novembro 23

Precariedade é...

Trabalhar ao fim-de-semana para ganhar trocos extra e levar com cócó de pássaro em cima.

Crises

A empresa em que trabalho presta serviços de CRM (Customer Relationship Management) à Indústria Farmacêutica e conta no momento com este cenário:

"A Indústria Farmacêutica (IF) está a redimensionar os negócios e, só em Portugal, desde o final de Setembro, contam-se mais 480 desempregados. "

Artigo completo Fonte: RCM Pharma

CINCO EXEMPLOS DE DESPEDIMENTOS NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

1.Pfizer foi a pioneira há quase dois anos
"...No ano passado, saíram da Pifzer mais de 20 pessoas, das 450 que trabalhavam na maior farmacêutica do mundo. É possível que haja, brevemente, mais saídas. .."

2. Medinfar já despediu 20%
"... Nos últimos dois anos, saíram da minha empresa cerca de 100 pessoas, de um total de 400 trabalhadores", diz o líder da Apifarma. Assim, a empresa passou de 400 para 300 colaboradores...."

3. Glaxo já dispensou 40 dos 200
"...Foram duas saídas em dois tempos. "Já fomos obrigados a dispensar 20 trabalhadores no princípio do ano e este mês fomos obrigados a fazer nova redução de 20 trabalhadores", disse o presidente da Glaxo Smith Kline ao Diário Económico. .."

4. Novartis vai "adiar até ao limite"
"Estamos a emagrecer a empresa em todo o lado, à espera que não seja preciso cortar novamente", diz o porta-voz da Novartis, que em Portugal tem cerca de 200 trabalhadores. Luís Rocha afirma que só saíram "cerca de uma dezena de colaboradores, no princípio do ano"..."

5. Sanofi-Aventis reduz-se em 25%
"...A perda de patentes em produtos-chave, a pressão para uma forte redução dos custos em saúde, o fim de uma importante parceria na promoção de um medicamento e a crescente e rápida penetração dos genéricos" são as medidas apresentadas pela empresa ao Diário Económico para a dispensa de 90 dos cerca de 400 trabalhadores. .."

Artigo completo Fonte: Apifarma